segunda-feira, setembro 26, 2005

estrangeirismos mal-adaptados

para quem não anda muito dentro do palavreado utilizado dentro da demoscene que simplesmente não consegue ser traduzido em poucas palavras, é capaz de se sentir um bocado constrangido ao ler este vocabulário ser utilizado em frases comuns neste blog. Para evitar tal possivel constrangimento, e aproveitar para fazer algumas pessoas rir um bocado, decidi escrever uma pequena lista de significados de modo a ajudar a gente a ficar mais dentro do assunto:


- compo - competição.

- prods - produções, contribuições para as competições.

- releasar - o acto de fazer release, de publicar algures, ceder certos direitos de re-distribuição.

- ripar - acto de re-utilizar conteudos sem permissão explicita do autor

- hackar - acto de efectuar um hack; tratar de um dado assunto, supostamente muito complicado de resolver, com pouca elegância mas alguma inteligência, de modo a que cumpra os requisitos esperados sem muito trabalho adicional.

Dentro do falso elitismo, há dois verbos muito importantes, o verbo rular e ownar. Ambos querem dizer praticamente o mesmo mas são utilizados em ocasiões diferentes. É especialmente importante denotar a sua extrema irregularidade na evolução face aos pronomes possessivos. Senão vejamos:

presente do indicativo do verbo ownar:
- eu owno
- tu ownavas
- ele sucka
- nos ownamos
- vos suckais
- eles suckam
(nos no presente sempre ownamos, eles sempre suckam)

passado recente do verbo ownar:
- eu ownei
- tu suckaste
- ele suckou
- nos ownamos
- vos suckaisteis
- eles foram ownados
(nos no passado recente sempre ownamos, eles sempre suckam sem qualquer hipotese)

passado antigo do verbo ownar:
- eu sempre ownei
- tu sempre suckaste
- ele suckava mesmo forte
- nos ownavamos
- vos ganda lamers
- eles sempre suckaram
(nos no passado antigo sempre ownamos, eles sempre suckaram do piorio)

pretérito futuro do verbo ownar:
- eu ownarei
- tu suckaras
- ele suckara
- nos ownaremos
- vos suckareis
- eles suckaram
(nos no futuro sempre iremos ownar, eles nunca terao qualquer hipotese)

Para conjugar o verbo rular basta substituir as letras own por rul.
Para compensar a falta de quase qualquer existencia de pronomes possessivos de segunda e terceira pessoa foi inventado um outro verbo o "ser ownado". Fica para trabalho de casa a sua conjugação nos diferentes tempos.



Exemplos de utilização dos termos de hoje:
"o ps ripou a música do Jeenio pra prod que releasou na compo da inércia05."
"o EviL hackou a intro dele mesmo a tempo da compo da inércia05."
"o shash ownou toda a gente em World Cup Soccer (NES) na inércia05."
"Os alien)(dream faparam-se na compo de 4k da inércia05."
"o Jeenio tinha ownado a compo de música da inércia05 se tivesse participado."
"A intro do Rob rulou forte."

2 Comentários:

Blogger xernobyl disse...

faparam-se?
A unica palavra que não está explicada (a unica que um scener como eu nunca viu) refere-se a mim!!!

1/10/05 00:03  
Blogger ps disse...

faparam-se, quer dizer que te lixaste forte e feio :)

3/10/05 05:38  

Enviar um comentário

<< Inicio